Take Action Publications Press Room About Public Citizen Public Citizen Divisions Home
Promoting democracy by challenging corporate globalization

JOIN US! |Take Action | Publications | About Trade Watch | Contact Us
Email Signup

Fair Trade Archive: GTW E-Newsletters, Action Alerts, and Updates

Sign up for our free activist updates.

Search

For Keyword(s)
advanced search

Tratado de Livre Comércio da América do Norte (TLCAN)

O Tratado de Livre Comércio da América do Norte foi um experimento radical de desregulação de comércio e investimento pelo EUA, México e Canada.   Em efeito desde 1995, o TLCAN é considerado um símbolo de fracasso do modelo de corporação global porque o seus resultados à maioria das pessoas nos três países foram negativos: salários estão mais baixos, a renda da fazenda está baixa, a bancarotta da fazenda aumentou, condições ambientais e de saúde pela fronteira do EUA-México pioraram, e uma série de padrões ambientais e outros interesses públicos foram atacados. As provisões agriculturais do TLCAN foram tão extremas que fazendeiros mexicanos estão exigindo uma renegociação ou uma anulação do tratado, após a sua primeira fase de implementação inicial levou ao deslocamento de um estimado de 15 milhões de campesinos mexicanos.

O TLCAN apresenta um “padrão de ouro” de direitos corporais em acordos comerciais e   de investimento porque inclui privilégios corporais até agora sem precedentes, incluindo resolução de disputas de “investidor-ao-estado” que é o direito de processar governos por compensação em dinheiro em tribunos fechados de comércio sobre custos regulados.  Esse direito, contido no capítulo 11 do TLCAN em investimento, foi usado por várias corporações multinacionais para conseguir compensação financeira da saúde e seguro público e regulações ambientais em que as corporações argumentaram resulta em um “expropriation” perda do seus actuais ou futuros lucros.  Capítulo 11 do TLCAN processos corporais resultaram em um levantamento de uma proibição Canadense de um químico tóxico também como um ataque em uma proibição similar do estado da California em um químcio tóxico e o pagamento de US$ 16 milhões do governo mexicano a uma companhia Americana multinacional de despejo tóxico por recusar a permitir uma área de despejamento tóxico a ser construido em um área ecologicamente protejida.

Hot Issues

» Ataque Contra a Democracia: A História do Capítulo 11 do TLCAN

» O que é A “ALCA” ou “TLCAN” para as Américas?

» A Sopa de Letrinhas da Globalização (versão brasileira)

    » trade | portugues | tlcan


Because Public Citizen does not accept funds from corporations, professional associations or government agencies, we can remain independent and follow the truth wherever it may lead. But that means we depend on the generosity of concerned citizens like you for the resources to fight on behalf of the public interest. If you would like to help us in our fight, click here.


Publications
Join | Contact PC | Contribute | Site Map | Careers/Internships| Privacy Statement